terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Macarronete no Forno

By The Way... Cá em casa adorámos esta receita do livro "Bimby a 100%".




Ingredientes: 
50g pão ralado, aromatizado
30g queijo Parmesão, em pedaços
100 g queijo Mozzarella
1500 g água
2 1/2 c chá de sal
500g massa, macarronete grande
10g salsa
1 dente de alho
30g azeite
150g bacon em cubos
200g espinafres
200g de natas
3 ovos
pimenta qb
300 g peito de frango, cozido e desfiado

Preparação:
1. Faça o pão ralado conforme receita do Livro Base.Reserve
2. Deite no copo o queijo parmesão e rale 6 seg/vel 9. Reserve.
3. Coloque no copo a Mozzarella e de  2-3 golpes de Turbo. Reserve.
4. Deite no copo a água, o sal, um fio de azeite e programe 10 Min/Varoma/ Vel 1.
5. Coloque a massa e programe o tempo indicado na embalagem/100º/Velocidade inversa/vel Colher de pau. Escorra e reserve.
6. Aqueça o forno a 200º.
7. No Copo limpo coloque a salsa e pique 3 seg/vel 7. Com a ajuda da espatula baixe o que ficou nas paredes do copo.
8. Junte o alho, o azeite e programe 3 seg/vel 5.
9. Adicione o bacon e programe 3 min/Varoma/ Vel 1.
10. Junte os espinafres, o frango e programe 5 min/100º/Velocidade inversa/vel 1.
Retire e envolva com a massa. Reserve.
11. No copo coloque as natas, os ovos, o sal restante, a pimenta e envolva 10 seg/vel 3.
12. Envolva a Massa, o preparado e a Mozzarella reservada. Deite num pirex.
13. Polvilhe com o queijo Parmesão e o pão ralado reservados.
Leve ao forno a 200º cerca de 15-20 Minutos.

Já temos Vencedora, Passatempo de Abertura do Blog

By The Way.... O livro já achou a sua nova dona!!! 

A vencedora do passatempo abertura do Blog é a Bárbara Moura com o nº 77.

A vencedora tem uma semana para me enviar uma mensagem privada com a morada, para proceder ao envio do livro.

Fiquem atentos, pois o próximo passatempo está a chegar!

Partilhem, partilhem!!!



domingo, 7 de dezembro de 2014

Bolo de Chocolate

By The Way... mais uma receita deliciosa... já estão com agua da boca? sim? então aqui vai a receita.




Ingredientes:

7 ovos
2 chávenas almoçadeiras de açúcar
2 chávenas almoçadeiras de farinha
1 chávena almoçadeira de óleo
1 chávena almoçadeira de chocolate em pó
1 chávena almoçadeira de água a ferver
2 colheres de sopa de fermento em pó

Cobertura:

1/5 tablete de chocolate culinária,
1 colher de sobremesa de manteiga,
2 colheres de sobremesa de açucar,
6 colheres de sopa de leite.


Preparação: 
Bater os ovos com o açúcar até ficar uma massa esponjosa na velocidade 5. (+/- 50/60 segundos)
Juntar o chocolate, óleo, farinha, fermento e por fim a água a ferver (é normal que a massa fique mais líquida que o habitual) e envolva os ingredientes 20 segundos/ velocidade 3
Untar uma forma grande com margarina e com um pouco de farinha e levar ao forno previamente aquecido.
Deixar cozer durante aproximadamente 1 hora (depende dos fornos, ter atenção para que não fique seco).
Retirar do forno assim que estiver no ponto e aguardar um pouco para que seja mais fácil desenformar. A cobertura só deve ser colocada com o bolo frio para que solidifique.

Preparação da cobertura: 
Juntar todos os ingredientes e derreter lentamente em lume brando, assim que os ingredientes estiverem todos bem misturados, verter o preparado no bolo e espalhar uniformemente com ajuda de uma espátula.








P,S: Esta receita não é da minha autoria, encontrei na net e adaptei para a Bimby. Não me lembro onde vi esta receita, no entanto decidi partilha-la na mesma pois é um crime não partilhar esta delicia :)

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Filha do Sangue

By the way... mais um livro... mais uma saga... que não me canso de ler. O livro Filha do Sangue de Anne Bishop, abriu portas a um universo nunca antes visto, onde lições de moral, amor, paixão, família, bondade, altruísmo, fantasia, avareza, questões tabu, crimes (pedofilia, abuso de poder), sistema jurídico, se amalgamam numa trama fluída e romanceada. 
Chorei, ri, sorri, sonhei acordada e gritei, penso que seja este intuito principal de todos os escritores -gerar uma reação ao leitor- e Anne Bishop alcançou maravilhosamente esse objetivo, pois é notório que não fiquei indiferente a este romance, nem a todos os outros livros que se seguiram. Claro que a minha perceção desta trilogia é influenciada pela leitura de todos os livros desta saga, Trilogia das Jóias Negras e os livros seguintes ligados à trilogia, no entanto, divulgo o primeiro livro desta saga, para começarem já a ler :)


Chancela: Saida de Emergência
Coleção: BANG
Data 1ª Edição: 30/11/2007
ISBN: 9789896370169
Nº de Páginas: 400

[Sinopse: Filha do Sangue Há setecentos anos atrás, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súbditos, uma Viúva Negra profetizou a chegada de uma Rainha na sua teia de sonhos e visões. Agora o Reino das Sombras prepara-se para a chegada dessa mulher, dessa Feiticeira que terá mais poder do que o próprio Senhor do Inferno. Mas a Rainha ainda é nova, passível de ser influenciada e corrompida.E quem controlar a Rainha controlará o mundo...]

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Doce de Melancia

By the way... não poderia de deixar de publicar esta receita! Ficou deliciosa!
Sei que já publiquei uma receita de doce/compota recentemente, no entanto fiquei espantada e super agradada com o sabor da melancia aliada ao limão e açúcar.





Ingredientes:
500g de Melancia sem sementes;
1 limão descascado, sem a parte branca e sem caroços;
250g açúcar gelificante.


Preparação:
1. Colocar no copo a melancia, o açúcar gelificante, o limão e triturar 6Seg./Vel.5
2. Programar 20Min./Varoma/Vel.1 (verificar o tempo na embalagem do açúcar, pois varia de marca para marca)
3. Quando a temperatura atingir Varoma substituir de imediato o copo medida pelo cesto, para que evapore e dê mais consistência ao doce.
4. Quando terminar o tempo, preparar os frascos e verter o doce. Fechar de imediato e virar os frascos ao contrário para que criem vácuo. Depois de frios, colocar no frigorífico.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Maya, O Romance da Criação

By the way... referindo outro livro do autor da obra O Mistério do Jogo das Paciências, o livro Maya, O Romance da Criação, é deveras interessante. 
Poderia referir tantas coisas sobre este livro, contudo não o farei, pois a sua beleza assenta precisamente na descoberta de enigmas, coincidências e caminhos distintos que misteriosamente se cruzam.
Lê, descobre e partilha!!! 



Coleção: Grandes Narrativas
Nº na Coleção: 134
Data 1ª Edição: 05/05/2001
Nº de Edição: 3ª
ISBN: 972-23-2737-2
Nº de Páginas: 360


[Sinopse: Tomando como ponto de partida a posição actual da Humanidade face à chegada do novo milénio, Gaarder agarra várias linhas condutoras que nos fazem retroceder no tempo e embarcar numa viagem espacio-temporal até ao nascimento do Universo e ao princípio da criação. Simultaneamente, o autor desenvolve um cativante enredo, dotado de uma interminável criatividade, apenas igualável a uma surpreendente e misteriosa caixa chinesa: «Maya» é uma teia formada por vários fios narrativos, muito ao estilo inconfundível do autor de «O Mundo de Sofia». Através de factos históricos e puras fábulas, que se interligam de tal forma que nos parece quase impossível distinguir qual é qual, a narrativa apresentada em Maya supõe, desde as suas primeiras linhas, a revelação de um grande segredo. O enredo começa a tomar forma numa ilha paradisíaca, Taveuni, no arquipélago das Fiji, onde o acaso reúne um escritor inglês, um biólogo evolucionista norueguês e um casal cigano. Mas outros personagens, não menos interessantes, serão chamados a participar como a jovem Laura, uma esposa ausente, um viajante do tempo, um certo quadro de Goya que se encontra no Museu do Prado em Madrid e até mesmo um geco que, na ilha, costuma frequentar nocturnamente as paredes do quarto do biólogo e com ele mantém sapientíssimas conversas cheias de um delicioso e cortante humor. Como sempre, com Gaarder nada é o que parece ser e a leitura deste romance coloca questões quase alucinantes, viaja tão longe como a grande explosão primordial, visitando todo o percurso da evolução até à misteriosa natureza da consciência, criando mundos alternativos, relacionando factos e situações distantes no espaço e no tempo, explorando possibilidades estonteantes, criando enigmas sem aparente solução ou cuja solução está dentro de nós. No fim, esta narrativa resulta poderosa e plena de vitalidade, e Gaarder seduz e maravilha, sugerindo com o seu romance que, sejam quais forem as respostas, a vida é o milagre a celebrar.]

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Massa Folhada com doce de Morango e Gelado de Natas

By The Way.... depois de uma ausência forçada pelos estudos e trabalho, que melhor receita poderia publicar?! faz crescer água na boca não faz????


Ingredientes:
Massa folhada retangular
2 bolas de gelado de natas
1 gema de ovo
+/- 100g de doce de morango

Ingredientes Doce:
500 g morangos
250 g açúcar gelificante
1 limão descascado, sem a parte branca e sem caroços

Receita Doce:
1. Colocar no copo os morangos, o açúcar gelificante, o limão e triturar 6Seg./Vel.5
2. Programar 20Min./Varoma/Vel.1 (verificar o tempo na embalagem do açúcar, pois varia de marca para marca)
3. Quando a temperatura atingir Varoma substituir de imediato o copo
medida pelo cesto, para que evapore e dê mais consistência ao doce.
4. Quando terminar o tempo preparar os frascos e verter o doce. Fechar
de imediato e virar os frascos ao contrário para que criem vácuo. Depois
de frios, colocar no frigorífico.

P.S: utilizei açúcar gelificante por gosto pessoal, pois acho que fica com uma textura divinal e diminui o tempo de cozedura




Depois de o doce estar bem refrigerado, espalhar o doce numa metade da massa folhada, deixando 1 cm nas beiras para que não deite por fora quando fecharmos a massa. Não se esqueçam de pincelar as beiras com gema de ovo, ajuda a massa a colar, para que não abra quando estiver no forno. Depois do doce espalhado, fechar a massa como se fosse um livro e pressionar levemente nas beiras para colar. Fazer uns cortes com uma faca afiada e pincelar com a restante gema de ovo. Levar ao forno durante 15 minutos (difere de forno para forno, o meu conselho é ir espreitando e quando tiver aquela cor douradinha é porque está pronto)




Servir quente, corte em fatias e coloque 2 bolas de gelado. O quente da massa folhada aliada ao frio do gelado torna esta sobremesa divinal. 
Se já tiver o doce feito, torna-se uma sobremesa fácil e rápida de fazer para servir a visitas.